Saiba como utilizar Revestimentos na Cozinha.





O revestimento deve ser bonito e fácil de limpar, já que o ambiente fica exposto à água e gordura. Mas é possível ir além da cerâmica e do porcelanato! 






O segredo é entender como fazer a manutenção de cada material. “A cerâmica e o porcelanato são práticos e limpos com água e sabão. Já as madeiras, devem receber panos úmidos e serem, de preferência, de tons escuros para que não surjam manchas”, afirma a designer Melina Mundim. 

Veja a seguir as principais dúvidas sobre o assunto. 

1. Quais as principais vantagens do porcelanato e da cerâmica?

Durabilidade, resistência e facilidade para manter são os pontos altos destes revestimentos. “O porcelanato é um dos pisos mais usados porque é instalado com uma junta finíssima e exige menos rejunte. Além disso, a oferta do material é grande e há uma enorme variedade de estilos e acabamentos”, diz a arquiteta Roberta Banqueri. 

A desvantagem, além do preço muitas vezes elevado, é riscar com facilidade. A cerâmica tem valor acessível e, embora não conte com tanta variedade, pode ser usada em diversos projetos de cozinha.

2. É possível instalar piso epóxi na cozinha?

Sim. A resina epóxi não é tão comum nos projetos, entretanto, oferece uma saída interessante quando o contra piso do ambiente não estiver perfeitamente nivelado. O prático revestimento conta ainda com facilidade de limpeza, ausência de manchas ou trincas e preço acessível. Fique atento apenas com os riscos que podem surgir ao longo do uso.

3. O que posso fazer para proteger o piso de madeira?




O piso da cozinha deve ser resistente e fácil de limpar. Apesar disso, muita gente escolhe usar a madeira como revestimento do chão. O importante, nestes casos, é investir em impermeabilizantes, de preferência os náuticos que são mais resistentes. 





“O material deve ser limpo apenas com aspirador de pó, vassoura macia e pano úmido, pois o excesso de água é prejudicial”, afirma Melina. Outra dica para proteger o revestimento é deixar a lava-louças afastada do piso, instalando-a em armários ou áreas separadas.

4. O mármore deve ficar restrito à bancada ou pode ser usado no piso?

O mármore é uma pedra versátil que pode sim ser usado como revestimento. O cuidado, segundo a arquiteta Ana Yoshida, é entender que a pedra é altamente porosa e protegê-la. “Tal característica faz a absorção de água ser grande e formar manchas. Por isso, o recomendado é impermeabilizar o contra piso e aplicar selantes ou resinas na superfície da pedra”, diz. 

Outra dica é investir em produtos hidro-óleo repelentes (que protegem o material contra umidade e não alteram as características originais das peças).

5. Como levar cores e estampas ao piso da cozinha?

Uma saída possível é apostar nos famosos ladrilhos hidráulicos. O revestimento colorido é prático e traz descontração ao ambiente, podendo ser usado em faixas ou blocos estampados. Os ladrilhos são vendidos de R$ 40 a R$ 180 m² e contam com a vantagem de o colorido não sair com facilidade. 

Outra possibilidade de trazer cores ao ambiente é recorrer às pastilhas de vidro, que oferecem praticidade e um número diverso de estilos.

Serviços:




Fonte: Blog da Lopes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu Nome e Email ao final da Mensagem, caso deseje alguma informação específica.

Atenciosamente.

Morar Melhor.
www.morarmelhor.com